Celso Miranda Ainda tenho de me lembrar de escrever aqui alguma coisa

Artigo I

Ao longo destes anos descobri que existem mil e uma desculpas que se podia usar para adiar a ressurreição deste espaço. Mas, na última semana, a comichão - alimentada pelo desejo de voltar a escrever - foi mais forte que todas elas.

Os primeiros textos de um novo blogue são os mais ingratos - são os que dão mais trabalho e poucas recompensas. É um pouco como fazer um programa de rádio às cinco da manhã, sabendo que ninguém, ou quase ninguém, está do outro lado a ouvir.

Por isso, passei meses a convencer-me de uma mentira. "Se escreveres uma coisa mesmo porreira, vais ver que te dão «ouvidos»!" Pois...

Solução para isto? Simples. Aceitar que este é, acima de tudo, um espaço onde eu escrevo - não um espaço onde os outros me "ouvem".

Portanto aqui está - o primeiro artigo de todos.

O meu nome é Celso. Prazer em conhecer-vos.